HomeReviewsGuiasE-SportsMobile Gaming

A Universidade Europeia vai participar, pelo segundo ano consecutivo, na Global Game Jam, o maior evento mundial inteiramente dedicado à criação de jogos e que em Portugal é promovido por A Ludoteca. A iniciativa terá lugar entre os dias 26 e 28 de janeiro, em vários locais de todo o País.

Em 48 horas, os participantes - organizados em equipas, unindo esforços e conhecimentos -, vão criar jogos digitais e analógicos respondendo a um tema único, ainda secreto. Na sessão de abertura, prevista para dia 26 de janeiro, será lançado o repto do evento através de uma comunicação em vídeo do keynote speaker, que culminará na revelação do tema secreto que irá determinar o caminho criativo dos jogos a desenvolver nesta maratona.


Para Manuel Menezes de Sequeira, coordenador da licenciatura em Games & Apps Development da Universidade Europeia, a participação no Global Game Jam oferece aos estudantes da Universidade Europeia a oportunidade de trabalhar e conviver com alguns dos melhores criativos da área de jogos. “Desenvolvemos um modelo académico que privilegia a aprendizagem em contexto real e cada vez mais procuramos oferecer experiências à escala mundial de forma a prepará-los para desafios profissionais que possam surgir em qualquer lugar do mundo”, afirmou.

A primeira edição da Global Game Jam teve lugar em 2009 e, pelo segundo ano consecutivo, realiza-se também no Campus de Santos da Universidade Europeia. Em 2017, o evento realizou-se em 95 países e esteve na origem da criação de mais de 7000 jogos. Um deles foi o Sunset Shockwave, criado por uma equipa de que fez parte o estudante do IADE – Universidade Europeia, Jorge Carvalho. O Sunset Shockwave tem tido muito sucesso nos eventos onde tem sido exibido.

Em Portugal, este ano, estarão organizados 11 espaços para receber estudantes, professores, profissionais da área dos jogos e todas as pessoas com interesse em participar.
A licenciatura em Games & Apps Development da Universidade Europeia oferece aos seus estudantes a possibilidade de adquirir competências essenciais para quem pretenda ser bem-sucedido na indústria dos videojogos em qualquer país do mundo. A licenciatura é totalmente lecionada em inglês e prevê um semestre de mobilidade internacional obrigatório, durante o qual os estudantes podem frequentar a prestigiada Media Design School, da Nova Zelândia que faz parte da rede Laureate International Universities, o maior grupo de ensino superior do mundo.

comments powered by Disqus
Usamos cookies para lhe dar a melhor experiência online. Ao usar o nosso website, está a concordar com o uso dos nossos cookies em concordância com a nossa política de privacidade. Saiba mais aqui.