HomeReviewsGuiasE-SportsMobile Gaming
red3
Análise: Command & Conquer Red Alert 3à 7 dias atrás - Command & Conquer: Red Alert 3, um dos jogos da Electronic Arts  mais aguardados do ano, muito pelo facto de Red Alert 2 já ter sido lançado num longínquo ano de 2001, tem vindo a ser alvo de muitas criticas e opiniões, muitas delas vidas mesmo antes do seu lançamento, por parte de uma grande comunidade de jogadores ansiosos pelo jogo.

Opiniões e críticas suscitaram no ar a impressão de que Red Alert 3 poderia, de c erta forma, não ser uma sequela directa aos acontecimentos do Red Alert 2. Depois de Albert Einstein ter viajado para trás no tempo (acontecimento do Red Alert 2) para matar Hitler, causando uma mudança no presente em que os Soviéticos lutavam pelo controlo da Europa, os Soviéticos (acontecimentos Red Alert3), ao depararem-se com uma derrota eminente, viajaram atrás no tempo para matar Einstein e remover a sua história de invenções (como a Bomba Atómica).

 

Isto criou uma linha do tempo alternativa em que os soviéticos estavam a ganhar, até que o Império do Sol Nascente (Empire of the Rising Sun) apareceu do nada para reclamar a domino do mundo para o Japão. Tudo isto não tem qualquer sentido em relação à saga anterior, apenas serviu como pretexto para haver batalhas com unidades absurdas (de um futuro fantasiado), que por ventura até possam causar alguma comédia no meio de batalha Ler mais:

Análise: BitDefender GameSafeà 78895 horas atrás - Longe vão os dias em que jogar computador passava por dar uns tiros nus nazis, ou construir ci dades e o maior exército do jogo. Hoje me dia, para além disso os jogadores têm outras preocupações, que muito para além do jogo que  estão a jogar, passam pela sua performance. E quando se tratam de jogos online, como os famosos MMOs ou FPS, todos os argumentos são válidos para ser o melhor.

No entanto, é impensável (ou pouco vulgar) ter um computador sem um antivírus instalado. Acontece que os antivírus reduzem o desempenho do PC, consumindo muitos recursos do processador e memória RAM, e um jogador que se preze e que queira mostrar todos os seus dotes no mundo online, vê a sua vida dificultada com um antivírus a roubar-lhe recursos necessários para o jogo.

Foi nessa situação que a BitDefender pensou, e depois de colocar uma opção na sua gama de produtos de 2008, chamada "Game Mode" (Modo de Jogo), que reduz o consumo de recursos por parte do antivírus, lançou o BitDefender Game Safe, um poderoso antivírus que inclui AntiSpyware, AntiPhishing e Firewall, e ainda uma Tecnologia Avançada que permite ao "gamer" obter o máximo desempenho do seu computador aliado a uma total segurança contra os malwares. Ler mais:
Análise: Football Manager Live [Beta]26 agosto 2008 -
Tivemos a oportunidade de participar na versão beta, que ainda está a decorrer, de Football Manager Live, um jogo leva o nosso velho conhecido FM, outrora chamado CM, para um universo totalmente online.

Para começar, as nossas expectativas eram enormes, pois como fãs de outros jogos do género como Goal United ou Hattrick, havia uma enorme curiosidade de conhecer um jogo que nos acompanhou ao longo dos anos, numa vertente totalmente online. A versão beta é gratuita, para quem tem a oportunidade de participar, mas a versão final será paga, tal como acontece em vários MMO’s.

Depois de nos ser enviada a chave para a participação na versão beta de de Football Manager Live, basta fazer o download de um pequeno aplicativo, que serve como portal para o jogo. Neste aplicativo, de instalação simples, temos a acesso ao Sign-In/Sign-Up, para conectarmos ao servidor do jogo ou, uma área para fazer download de conteúdos adicionais, como skins, efeitos sonoros, etc, e um menu de preferências, onde podemos alterar a resolução da imagem, alternar entre modo de janela ou ecrã completo, entre outra opções para o nosso perfil e clube. Ler mais:
Usamos cookies para lhe dar a melhor experiência online. Ao usar o nosso website, está a concordar com o uso dos nossos cookies em concordância com a nossa política de privacidade. Saiba mais aqui.