HomeReviewsGuiasE-SportsMobile Gaming

Presente no no Mobile World Congress 2016, a Epson continua a apostar  no âmbito da tecnologia “wearable” e anunciou a terceira geração dos smartglasses Moverio de realidade aumentada.

Disponíveis a partir de outubro de 2016, os Moverio BT-300 contam com ecrã digital de silício OLED (díodo emissor de luz orgânico), uma tecnologia de última geração própria da Epson. Devido a esta característica, tornam-se os smartglasses binoculares e transparentes mais leves do mercado, com um peso 72% inferior ao dos primeiros Moverio lançados em 2011. Com isto, os BT-300 vão marcar um ponto de inflexão em óculos inteligentes de realidade aumentada.


A estratégia da Epson foca uma ampla gama de aplicações comerciais, distinguindo os Moverio dos restantes smartglasses do mercado. Desenvolvida com a função “usabilidade do produto” como prioridade, esta gama conquistou uma grande popularidade entre clientes comerciais e vendedores independentes de software (ISVs). Os Moverio reforçam o compromisso da Epson em óculos inteligentes binoculares com revestimento ótico transparente e com a melhoria do seu rendimento. Estas qualidades são essenciais para o uso profissional e para abrir novas oportunidades de aplicações para o consumidor.

Valerie Riffaud‐Cangelosi, diretora de desenvolvimento de novos mercados para dispositivos e wearables na Epson EMEA, comenta: “Na Epson, mantemos a estratégia de focar a tecnologia no uso empresarial. Desde 2011, graças à colaboração com mais de 2.000 parceiros ISV, a gama Moverio atribui valor acrescentado a um grande número de profissionais nas áreas da engenharia, educação e formação, médicos e dentistas, comerciantes, turismo e organizações de património cultural, entre outros. Desenvolvidos graças aos nossos cinco anos de experiência em óculos inteligentes, os BT-300 trazem melhorias significativas tanto para produtores de serviços como para utilizadores”.


Produzidos com um processador Intel Atom de quatro núcleos e sistema Android OS 5.1, os BT-300 aumentaram significativamente a potência para processar grandes conteúdos em 3D e a sua bateria tem uma autonomia de até seis horas. Os smartglasses veem e interpretam o ambiente do utilizador através de uma câmara frontal HD de 5 megapixéis e processam conteúdos a partir daí. Tal como nos modelos anteriores, e tendo em conta as normas de privacidade, o dispositivo incorpora LED piloto que indica que a câmara está a gravar.

Atsunari Tsuda, Diretor Geral Responsável de Moverio, declarou: “Os Moverio são diferentes de outros smartglasses do mercado onde a forma prevalece à função, o que desvaloriza a usabilidade do produto. No nosso caso, cada decisão de design é tomada tendo em consideração as situações finais de uso, e aqui a nossa tecnologia de silício OLED abre-nos um novo mundo no desenvolvimento de óculos inteligentes transparentes de visão binocular. Com OLED beneficiamos de reduções no consumo de energia e peso, bem como de melhorias no tempo de resposta, resolução em alta definição, brilho e contraste de cor. Com a escolha de silício em substituição do cristal para a nossa base conseguimos um ecrã com uma maior densidade de pixéis”.

Os Epson Moverio BT-300 terão um preço de cerca de 800 euros.

comments powered by Disqus
Usamos cookies para lhe dar a melhor experiência online. Ao usar o nosso website, está a concordar com o uso dos nossos cookies em concordância com a nossa política de privacidade. Saiba mais aqui.